Recent Changes - Search:

Saiba mais

Ajuda

Contribua

Desenvolvimento

Languages:   English   Japanese   Magyar   Español   Francaise   Deutsch   Русский

O que é o LyX?

Lyx é um processador de documentos avançado de código aberto que pode ser executado em Linux/Unix, Windows e Mac OS X. Ele é chamado de "processador de documentos" porque diferente dos processadores de texto comuns, o LyX utiliza uma abordagem diferente, incentivando que a produção de documentos seja orientada na sua estrutura e não na sua aparência.

O LyX permite que você se concentre em escrever, deixando detalhes de visuais para o computador resolver. O LyX automatiza a formatação de acordo com conjuntos de regras pré-definidas, que garante a sua consistência mesmo nos documentos mais complexos. O LyX produz conteúdo profissional de alta qualidade utilizando o LaTeX, um sistema poderoso para tipografia de documentos.

Com o LyX, pequenas anotações e cartas se tornam extremamente triviais. Mas é a produção de documentações técnicas, teses e artigos para congressos que fazem o LyX realmente brilhar.

O LyX oferece controle total sobre as margens, cabeçalhos/rodapés, espaçamento/indentação, justificação do texto, listas enumeradas e com marcadores, um editor de tabelas, uma interface de controle estilo emacs para projetos colaborativos, controle de alterações, controle de revisão e a lista continua crescendo. No pacote ainda estão inclusos diversos formatos e templates prontos para cartas, artigos, livros e até roteiros de Holywood.

O LyX apresenta ao usuário a interface familiar, semelhante a qualquer processador de texto WYSIWYG. Portanto, usuários familiarizados com Microsoft Word, LibreOffice, entre outros podem ficar perplexos com o comportamento dele. Em bom exemplo é a barra de espaço: no LyX pressionar o espaço mais do que uma vez não tem função nenhuma! E isso foi feito de propósito: é o LyX que deve se preocupar com o espaçamento e não você. E pode acreditar, ele faz tudo de modo automático e inteligente.

Comparado a um processador de texto comum, o LyX oferece um modo muito mais simplificado de gerenciar as fontes do texto. E isto foi feito de propósito também: este tipo de atitude é desencorajada também, pois os estilos de caracteres devem ser utilizados em seu lugar.

Você pode definir algumas "regras básicas" e colocar os elementos de seu documento em categorias específicas. Por exemplo, se você disser ao LyX que uma determinada linha é o título da sua seção, com a ajuda do LaTeX o LyX pode automaticamente colocar a seção o nome da seção no sumário e no cabeçalho das páginas, dar uma aparência de destaque para o título, definir a numeração da seção e ainda dizer para o resto do documento onde e em qual página aquela seção está, caso você queira referenciá-la no texto. Com o LyX, muitas das dores de cabeças encontradas em processadores de texto comuns simplesmente não existem mais.

O LaTeX pode facilmente processar centenas de capítulos e seções, milhares de notas de rodapé e gráficos, referências cruzadas, sumário, lista de tabelas e ilustrações, além de extensos e exaustivos índices e bibliografias, além de ser famoso pela qualidade do conteúdo que produz. Usuários que já estão acostumados com o LaTeX "puro" vão descobrir que o LyX oferece total compatibilidade com o LaTeX, permitindo a importação e exportação de documentos.

O LyX contém um editor matemático extremamente versátil: ele inclui toda a conveniência do estilo apontar-e-clicar às capacidades lendárias do LaTeX para elaboração de expressões matemáticas. Se você é um autor que precisa produzir conteúdo científico, aqui está a joia que você tanto procurava. Experimente!

Pense no LyX como o primeiro editor WYSIWYM, ou seja, What You See Is What You Mean que traduzindo do inglês significa algo como "O que você vê é o você quer dizer". Isso quer dizer que todas as possíveis formatações que o LaTeX fornece são apresentadas ao usuário como controles visuais, como o sumário (que pode ser utilizado para navegar pelo documento), links dinâmicos (para figuras, tabelas, seções, páginas etc.), numeração automática das seções e muito mais. Você apenas deve informar o LyX como tratar algumas palavras em particular e as linhas do seu documento: por exemplo, este é um texto comum, este é o título do capítulo/seção, isto é uma nota de rodapé, este texto é o rótulo dessa figura, e por aí vai. A medida que você seleciona o texto no seu documento, o LyX te dá algumas dicas do que pode ser feito (na verdade, muito parecido com os editores WYSIWYG que você já deve estar acostumado).

Esta abordagem possui algumas vantagens ergonômicas. Você pode aumentar o tamanho do texto na tela para satisfazer às suas preferências sem afetar as margens ou outras formatações do seu documento, o que permite que qualquer um trabalhe confortávelmente mesmo com telas pequenas.

O LyX inclui uma documentação excelente – um tutorial para iniciantes, guia do usuário, além de manuais adicionais descrevendo as diversas funcionalidades avançadas que possui. O menu do LyX está traduzido para uma variedade de idiomas diferentes, todos selecionáveis e configuráveis em tempo de execução.

Importar dados dos processadores de texto convencionais é possível através do recurso de copiar e colar ou através da exportação que está disponível para diversos formatos, incluindo HTML e Microsoft Word.

Sobre o time do LyX

O Time to LyX é um consórcio formado por colaboradores espalhados pelo mundo todo. Muitas pessoas têm ajudado o projeto com o passar do tempo, que tornaram o LyX uma realidade. Veja a lista completa com todos os voluntários nos créditos. No entanto, cabe aqui uma menção especial para os grandes nomes do projeto LyX, Lars Gullik Bjønnes e Jean-Marc Lasgouttes.

...e claro, um agradecimento especial ao Matthias Ettrich que foi quem começou tudo isso!

Edit - History - Print - Recent Changes - Search
Page last modified on May 24, 2011, at 03:05 AM